Expectativas

sexta-feira, outubro 17, 2014


Minhas sinceras desculpas ao mundo.
Nessas últimas semanas aprendi que a mudança tem que partir da nossa vontade de mudar e de reconhecer que nós precisamos sim mudar ao invés de esperar que o outro mude. É assim tão simples, fácil e bonito de se ver.
Ok! Eu mudei. Para mim foi bom, na verdade ótimo. Mudei comigo mesma e para mim. Mudei de atitudes. Mudei um pouco algumas vontades e acima de tudo mudei a forma de pensar sobre sonhos que não se realizam. 
Todos os sonhos se realizam se você consegue imaginá-los reais.
Mas tem algo que eu nunca vou entender, compreender e/ou saber mudar.
A nossa ilusão sobre as pessoas. A nossa ilusão de vê-las perfeitas. A nossa ilusão de que elas não vão nos desapontar.
Na verdade, a minha ilusão.
Eu penso sim que se todos os dias nós acordamos dispostos somente a amar, e não se lembrar das tristezas do ontem vamos conseguir ser mais felizes.
O problema de agora é todos os dias conseguir perdoar/desculpar/esquecer à todo momento. Também não posso ser tão tola assim.
Então eu mesma me iludo com meus próprios conflitos internos. E apenas sinto e afirmo que nesse mundo inteiro, cheio e repleto de bilhões de pessoas existe sim apenas uma que faria tudo por você, e é a sua mãe.
Bem vindo ao meu mundo, onde as decepções tornam-se palavras e desabafos que infelizmente você que deveria ler e entender completamente não vai nem saber o que eu estou falando.
Eu sempre digo que sou razão ao invés de emoção, mas hoje eu senti meu coração doer.

            

Nenhum comentário

Postar um comentário

 
Desenvolvido por Michelly Melo.