Acreditar é apenas um passo para acontecer...

terça-feira, dezembro 30, 2014


Leia ouvindo: Lost Stars - Adam Levine

Não só parece que iniciará um novo ano, como também parece que ressurge a esperança de um novo melhor. Ressurge uma esperança que nos permitimos sentir a cada novo começo de um ano e também uma esperança que permitimos perder assim que a primeira coisa não vai bem.

Sabemos que a felicidade está em coisas e gestos simples, o mundo faz questão de esfregar isso todo o momento. Mas, o mundo não vive sua vida. Bilhões de pessoas no mundo e nos ”mandam” se concentrar em uma pessoa. Milhares de lugares para desvendar e nos “mandam” criar raízes no lugar que nosso coração se sentir acolhido.


Todo ano eu me desejo a felicidade. E que ela venha em diversas formas. Que ela venha até a mim intermediada por pessoas, por sons e cheiros que se perdem ao nosso redor. Que a felicidade venha ás vezes apenas, que ela fique um pouquinho e se vá, fazendo assim eu desbravar uma nova vontade, um novo sonho e porque não um novo amor.

Que a felicidade venha quando um amigo sorri feliz, que ela apareça de repente e se permita ficar um pouquinho mais de vez em quando.

Que a felicidade venha quando assistimos a um filme de romance ou quando assistimos ao show de uma boa banda.

Não importa o motivo, o lugar, nem mesmo o modo, apenas que a felicidade chegue para nós nas mais diversas ocasiões.

Se você puder acordar e relembrar momentos felizes que você viveu, todo os dias serão felizes. E desse modo você será feliz de verdade e ainda poderá ser mais e mais.

Só esperar não adianta.


Acreditar é apenas um passo para acontecer.

Mas viver,  é o que torna tudo real.

No fim de cada novo dia respire fundo e olhe para o céu (independente de fé ou religião), sorria e agradeça apenas por poder estar fazendo isso nesse exato momento.

E não esqueça o mais importante, sinta saudades.

A saudade é a forma mais dolorosa de felicidade.


Feliz você em 2015!!!














Nenhum comentário

Postar um comentário

 
Desenvolvido por Michelly Melo.