Parte de Mim...

sexta-feira, novembro 29, 2013




"A verdade é que no fundo todos nós temos aqueles sonhos que não são compartilhados. Mas não é por isso, que não desejamos realizá-los.

Ás vezes alguns se realizam e por fim, não é tudo aquilo que realmente sonhamos.
Todos sofremos por um amor perdido. Às vezes o sofrimento volta a se repetir, mas, todos nós, todos, sem realmente nenhuma expectativa de exceção, todos sofremos e sofremos muito por um amor, vivendo ou não o relacionamento. Seja com 16, 18, 26 anos, ou qualquer outra idade, a desilusão do amor dói e nos faz querer não existir, porque a verdade é que a única coisa que acontece diante dessa  primeira experiência da desilusão é que não importa a nossa idade para amar pela primeira vez. Todos vamos sofrer como crianças, pode ser que essa dor não seja tão demonstrada como se ainda fossemos colegiais e isso fosse a única coisa a sentir no nosso mundo, mas a forma e o modo pelo qual sofremos não deixa de ser tão dolorido quanto se ainda fossemos aquelas meninas inexperientes, porque na verdade, sempre seremos.

Demorar a encontrar o nosso primeiro conto de fadas, só adia a dor e o sofrimento. Porque é fato, uma hora ou outra vai chegar a sua vez. Depois disso virão segundas e terceiras chances para uma vida ou um amor brilhante, mas aceitando ou não, vivendo ou não, realizando aqueles sonhos escondidos ou não, nascemos todos para ser feliz, nascemos para trilhar nosso destino, nascemos para deixar a vida de um outro alguém um pouco mais brilhante. Nascemos todos para realizar nossos sonhos e nos permitir ser felizes sempre.
Nunca deixe de ter sonhos nobres, não adianta querer nascer apenas para criar um império, se há pessoas que nascem apenas com o sonho de fazer outras pessoas sorrirem.


Permita-se ser capaz de amar e viver o simples."



Eu escrevi esse texto faz um tempinho já, foi no dia em que assisti Part Of Me da Katy Perry no cinema. Ouvindo as músicas do Cd novo Prism, adorei a letra de  By the Grace of God, é como se ela realmente precisasse escrever essa música para tirar toda a dor de dentro de seu coração.




Pela Graça de Deus
Escrita por: Katy Perry

Eu tinha 27 anos, sobrevivendo ao meu retorno de Saturno
Férias prolongadas não soaram mal
Estava cheia de segredos trancados e amarrados como Iron Mountain
Correndo no vazio, sem gasolina

Pensei que eu não era suficiente
Descobri que eu não era tão forte
Deitada no chão do banheiro
Nós estávamos vivendo num ponto crítico
E eu percebi que a culpa era toda minha
Não aguentava mais

Pela graça de Deus
(Não havia outra maneira)
Eu me peguei de volta
(Eu sabia que tinha que ficar)
Coloquei um pé na frente do outro
E eu olhei no espelho e decidi ficar
Não ia deixar o amor me eliminar desse jeito

Agradeço a minha irmã
Por ter me ajudado a não afundar
Quando a verdade era como engolir areia
Agora, toda manhã, espero
Não haver mais lamentação
Oh, eu finalmente posso me encarar de novo

Eu sei que sou suficientemente
Possível de ser amada
O problema não era comigo
Agora, eu tenho que me levantar
Deixar o universo desafiar
Sim, a verdade te libertará

Desse jeito, não
Não em nome
Em nome do amor
Desse jeito
Desse jeito, não
Eu não estou desistindo

Pela graça de Deus
Eu me peguei de volta
Coloquei um pé na frente do outro e
Eu olhei no espelho
Olhei no espelho
Olhei no espelho.


1 Comentário

  1. Olá, acabo de visitar seu blog e segui-lo. Lhe desejo foco, sucesso e força. Que conquiste muitas realizações através do mesmo. E também convido você e seus/suas leitores/leitoras a conhecer o meu blog: toobege.blogspot.com.br . Beijinhos e espero você lá também *0*

    ResponderExcluir

 
Desenvolvido por Michelly Melo.