Então passou tão rápido e agora é 2011.

quinta-feira, fevereiro 10, 2011

Se eu fosse escrever apenas o que conheço, acho que as linhas abaixo ficariam em branco, pois, percebi que nada conheço, que nada sei e nada vivi.

Dos momentos bons que vivi, por incrivel que pareça ainda estão em minha mente como se tivessem acontecido ontem. Os momentos ruins estão em minha mente como se estivessem acontecendo agora.

Os sentimentos lutam dentro de mim, as lágrimas ás vezes vem acompanhadas de risadas. As desculpas que dei. As desculpas que recebi para me afastar, para esquecer. As desculpas que existiram apenas para não passar mais e mais dias tristes habitam minha mente e meus sonhos diariamente.

A trilha sonora perfeita que criei, hoje mal consigo ouvir. Em meio a sons, silêncios, luzes, pétalas e braços abertos, entro em um desespero e sinto pavor.

A vida me prova apenas que cada dia é último, cada gesto que nunca mais se repetirá, cada carta que jamais será lida, cada nova música preferida que não será compartilhada, cada novo momento mágico que irei olhar para o lado e terei vivido sem você.

Não vivi apenas uma promessa, e é isso que me assusta. Quantas mais me permitirei viver?

Quantas vezes mais será eterno?

Quantas vezes mais questionarei quantas vezes?

Qual será o momento em que conseguirei escrever a minha história?

Cansei de viver capítulos mal acabados… Espero que ao acordar amanhã eu queira viver bem mais do que desejei hoje…

Nenhum comentário

Postar um comentário

 
Desenvolvido por Michelly Melo.